Fantasmas vs. Espíritos: Os Santos dos Últimos Dias acreditam em fantasmas?

Os seres humanos sempre estiveram interessados em saber sobre fantasmas. Acho que é algo que desperta a curiosidade de muitos.

Existem muitas interpretações e crenças sobre fantasmas. No entanto, a maioria acredita que um fantasma é a imagem de uma pessoa falecida que aparece para alguém.

Mas o que os Santos dos Últimos Dias acreditam sobre fantasmas?

Fantasmas vs. Espíritos

fantasmas

Se você perguntar a um membro da Igreja se ele acredita em fantasmas, ele responderia algo como: “eu não acredito em fantasmas, mas acredito em espíritos”.

Os Santos dos Últimos Dias têm um vasto conhecimento sobre a vida após a morte. Da mesma forma, acreditamos na vida pré-mortal, ou seja, na existência antes de nascer na Terra.

Esses ensinamentos são fundamentais para entender o que são os espíritos.

No Guia para o Estudo das Escrituras afirma se que um espírito é:

“A parte do ser vivo que existe antes do nascimento mortal, que vive no corpo físico durante a mortalidade, e que existe depois da morte como ser separado até a Ressurreição. Todos os seres vivos — homens, animais e plantas — foram espíritos antes que qualquer forma de vida existisse na Terra. O corpo espiritual tem a mesma aparência do corpo físico.”

Além disso, aprendemos em Doutrina e Convênios 131:7 que:

“Não existe algo como matéria imaterial. Todo espírito é matéria, mas é mais refinado ou puro e só pode ser discernido por olhos mais puros”.

evangelio restaurado vencer desafios

Como nosso Pai Celestial e Mãe Celestial criaram os espíritos? Não sabemos.

No entanto, o Livro de Abraão descreve as “inteligências” que geralmente pensamos que são alguma forma de matéria espiritual que precedeu nossos corpos espirituais.

O Presidente Spencer W. Kimball também escreveu sobre o assunto em “O Milagre do Perdão”:

“Nossa matéria espiritual era eterna e coexistia com Deus, mas nosso Pai Celestial a organizou em corpos de espírito”.

Existem muitos tipos de espíritos e sabemos mais sobre alguns do que outros.

Espíritos justos

ángeles

Na vida pré-mortal, o Pai Celestial e a Mãe Celestial apresentaram um plano para nossa futura exaltação.

O plano exigiria vir à terra e obter um corpo físico que abrigasse nossos espíritos.

Dois terços dos filhos de nosso Pai Celestial escolheram seguir Seu plano. Primeiro, vamos falar sobre eles – isto é, sobre nós!

Espíritos pré-mortais

mundo de los espíritus

Os espíritos pré-mortais são aqueles que ainda estão esperando seu tempo para nascer na Terra. Eles vivem com Deus, assim como nós vivíamos antes de vir para a Terra.

Sabemos que cada parte da nossa vida eterna tem a ver com o progresso. Então, provavelmente, esses espíritos estão passando seu tempo aprendendo e se preparando para sua experiência terrena.

existencia

Não sabemos muito sobre a influência desses espíritos no mundo terreno. A maior parte da informação que temos vem de experiências pessoais. Por exemplo, uma mãe grávida que sente uma conexão com o espírito de seu bebê que está para nascer. Ou, uma pessoa que sonha com sua futura família.

Embora não possamos dizer algo com certeza neste momento, a ideia de que os espíritos pré-mortais tenham algum tipo de capacidade de influenciar nossa vida se alinha com outras doutrinas dos Últimos Dias em relação aos espíritos pós-mortais.

Espíritos que estão do outro lado do véu

Quando morremos, nossos corpos e espíritos se separam. Então, vamos para o mundo dos espíritos que, de acordo com os ensinamentos do Presidente Brigham Young, está na terra, ao nosso redor.

O mundo espiritual é dividido em dois: o paraíso e a prisão espiritual. Embora saibamos muito sobre os dois, não sabemos exatamente como eles se separam.

Os espíritos justos estão em um estado de paz e descansam no paraíso. Jesus Cristo visitou esses espíritos após Sua crucificação.

mundo de los espíritus

Heber C. Kimball ensinou que os espíritos no paraíso estavam “organizados em famílias”. No entanto, alguns estavam sozinhos, já que algumas famílias não podiam viver juntas “porque não honraram seu chamado aqui”.

A Igreja também é organizada e o sacerdócio continua a ser usado para o bem dos outros.

Na prisão espiritual estão aqueles que ainda não ouviram o evangelho de Jesus Cristo.

Os espíritos justos são chamados do paraíso para pregar aos que estão na prisão espiritual.

mundo de los espíritus

Se os espíritos aceitam o Evangelho e alguém aqui na Terra realiza as ordenanças do templo por eles, então, podem entrar no paraíso.

Aqueles que rejeitam o evangelho sofrem uma condição conhecida como inferno, que os Santos dos Últimos Dias veem como um estado de separação de Deus em vez de um lugar real.

A influência dos espíritos que estão do outro lado do véu

mundo de los espíritus

Os espíritos de pessoas que já morreram não apenas ministram aos espíritos que se encontram no mundo espiritual. Eles também podem influenciar nossas vidas.

Joseph Smith ensinou que os espíritos de nossos entes queridos “não estão longe de nós, e eles conhecem e entendem nossos pensamentos, sentimentos e movimentos, e muitas vezes se afligem por eles”.

Aqui estão mais algumas citações que nos ajudarão a entender melhor a influência dos espíritos pós-mortais (os que estão do outro lado do véu).

Joseph F. Smith

Presidente Joseph F. Smith, Conferência Geral de abril de 1916:

“Vivemos em sua presença, eles nos veem, estão atentos ao nosso bem-estar, nos amam agora mais do que nunca, pois veem os perigos que nos assombram.

“Eles podem entender mais do que nunca as fraquezas que podem nos desviar para caminhos obscuros e proibidos.

“Eles veem as tentações e os males que nos acercam na vida e a tendência dos seres terrenos a ceder à tentação e às más ações.

“Daí parte sua preocupação e amor por nós. Além disso, seu desejo pelo nosso bem-estar deve ser maior do que aquele que sentimos por nós mesmos”.

James E. Faust, Ensign, novembro de 2003:

“O processo de encontrar nossos antepassados um a um pode ser difícil, mas também interessante e gratificante.

“Muitas vezes sentimos um guia espiritual ao ir às fontes para localizá-los.

“Como esta é uma obra espiritual, podemos esperar receber ajuda do outro lado do véu. Percebemos alguma influência daqueles antepassados que esperam que os encontremos e façamos a obra do templo por eles”. 

joseph F. Smith

Presidente Joseph F. Smith, “Doutrina do Evangelho”:

“Quando mensageiros são enviados para ministrar aos habitantes desta terra, eles não são estranhos, mas fazem parte dos nossos parentes, amigos, semelhantes e conservos.

“Nossos pais, mães, irmãos, irmãs e amigos que morreram, se foram fiéis e dignos de desfrutar desses direitos e privilégios; eles podem receber a missão de visitar seus parentes e amigos na Terra novamente.

“Levarão as mensagens de amor da presença divina, de advertência, ou de repreensão e instrução, àqueles a quem aprenderam a amar na carne”.

Élder Jeffrey R. Holland, “For times of trouble”:

“No evangelho de Jesus Cristo você tem ajuda de ambos os lados do véu, e você nunca deve esquecer isso.

“Quando a decepção e o desânimo atingirem, e isso com certeza acontecerá, lembre-se e nunca se esqueça de que, se nossos olhos pudessem se abrir, veríamos cavalos e carros de fogo até onde a vista alcança, cavalgando a uma velocidade imprudente para vir em nossa proteção.

“Eles estarão sempre lá, esses exércitos do céu, em defesa da semente de Abraão”.

John A. Widtsoe:

“Quem procura ajudar os do outro lado [do véu], em troca recebe ajuda em todos os assuntos da vida. Recebemos ajuda do outro lado enquanto ajudamos aqueles que atravessaram o véu”. 

Essas citações destacam alguns pontos importantes. Primeiro, os espíritos pós-mortais dos quais podemos esperar algum tipo de influência em nossa vida serão os da nossa família.

Em segundo lugar, ao fazer o trabalho do templo por nossos entes queridos falecidos, nos sentiremos mais conectados a eles.

Finalmente, uma vida reta é um pré-requisito para a bênção espiritual de ter uma maior sensibilidade daqueles que estão do outro lado do véu.

“Diabos”, “demônios” e “espíritos malignos”

Um terço dos filhos de nosso Pai Celestial escolheu seguir Satanás. Eles não receberam um corpo nem o receberão. Eles foram jogados na terra e trabalham ativamente para nos destruir.

Muitas vezes, eles são chamados de “diabos”, “demônios” ou “espíritos malignos”.

Esses espíritos malignos vivem entre nós. No entanto, eles não podem ter um verdadeiro poder sobre nós, a menos que o permitamos.

Jesus Cristo expulsou muitos demônios durante Sua vida.

satanás

Doutrina e Convênios 50:2 nos diz:

“Há muitos espíritos que são espíritos falsos, os quais saíram pela Terra enganando o mundo.”

Da mesma forma, Doutrina e Convênios 129 nos dá instruções para saber como distinguir um espírito falso que tenta nos enganar, fazendo-se passar por um anjo de luz.

A Igreja opõe-se firmemente a práticas como o uso de Ouija ou a realização de alguma sessão de espiritismo para tentar contatar espíritos. A questão dos espíritos malignos não é algo que deva ser levado na brincadeira.

Bruce R. Mcconkie

O Élder Bruce R. McConkie, em seu livro “Mormon Doctrine”, compartilhou seus pensamentos sobre isso:

“É verdade que alguns médiuns se colocam em contato com os espíritos durante sessões espíritas.

“No entanto, na maioria dos casos, provavelmente, os espíritos que se manifestam são os demônios ou diabos que foram jogados do céu por se rebelarem.

“Os espíritos justos não sentem mais que desdém e pena pelas tentativas dos médiuns de fazer contato com eles”.

Ser possuído por um espírito maligno, é considerado algo que acontece até os dias de hoje.

mundo de los espíritus

No entanto, todos os que temem esses tipos de encontros podem encontrar conforto e segurança em Jesus Cristo. Nenhum espírito maligno pode ter poder sobre você a menos que você ceda às tentações e mentiras do inimigo.

Embora nenhuma orientação oficial possa ser encontrada nos manuais da Igreja sobre como lidar com espíritos imundos, as escrituras nos ensinam a usar a autoridade e o poder do nome de Jesus Cristo para expulsar de nós qualquer influência maligna.

Fonte: LDS Daily

 

O que achou desse artigo? Gostaria de saber mais sobre este assunto? Deixe seu comentário!

The post Fantasmas vs. Espíritos: Os Santos dos Últimos Dias acreditam em fantasmas? appeared first on maisfe.org.

O post Fantasmas vs. Espíritos: Os Santos dos Últimos Dias acreditam em fantasmas? apareceu primeiro em Portal SUD.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *