O chamado da Primeira Presidência aos membros: Eliminar o racismo

A 190ª Conferência Geral semestral de outubro foi, por diversas razões, inesquecível.

Enquanto as mensagens foram centralizadas na perseverança, em avançar para o futuro com fé, no poder de Deus e no arrependimento, alguns discursos foram centralizados em nosso valor e responsabilidade como Filhos de Deus para com todos os seres humanos.

A poderosa mensagem contida nos discursos do Presidente Nelson durante as sessões de domingo, foram de extrema importância para a Conferência Geral, uma conferência que ele chamou de “gloriosa”.

Os convites para reunir os filhos de Deus e amar uns aos outros, criaram um sentimento de responsabilidade nos membros de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias e de serem agentes que influenciam na erradicação do racismo.

No último dia da Conferência Geral o Presidente Russell M. Nelson, falando a milhões de pessoas, declarou:

“Lamento que nossos irmãos e irmãs negros no mundo, estejam passando por dores de racismo e preconceito.

Hoje conclamo todos os nossos membros em todos os lugares, a liderar os esforços de banir atitudes e ações de preconceito. Suplico a vocês que promovam o respeito por todos os filhos de Deus.”

As palavras do profeta da Igreja também deram ênfase à uma verdade universal quando ele disse que “Deus não ama uma raça mais do que outra” e que “Sua doutrina a esse respeito é clara”. Da mesma forma, ele declarou que nossa condição como filhos de Deus não é determinada pela “cor de [nossa] pele”.

As declarações do presidente Nelson sobre raça ecoaram as palavras do primeiro conselheiro da Primeira Presidência, o presidente Dallin H. Oaks, que discursou durante a primeira sessão de sábado e disse que os Santos dos Últimos Dias devem fazer o melhor para “eliminar o racismo” no mundo.

“Como seguidores de Cristo, devemos renunciar à raiva e ao ódio com os quais as escolhas políticas são debatidas ou declaradas em muitos ambientes… Amar nossos inimigos e adversários não é algo fácil… mas é essencial.”

Com firmeza, ele declarou que “o racismo opera no ódio, na opressão, na passividade, na indiferença e no silêncio” e que “saber que todos somos filhos de Deus nos dá uma visão divina do valor de todas as pessoas”.

O presidente Oaks disse, que como Santos, não podemos deixar que a ira se apodere de nós e que “uma ajuda ainda maior para aprendermos a amar nossos adversários e inimigos é buscar compreender o poder do amor”.

Dando ênfase ao amor, no qual se baseia na “verdade que todos os seres humanos são filhos de Deus”, podemos fazer nossa parte para criar uma maior união no mundo.

As palavras do presidente Eyring, segundo conselheiro na Primeira Presidência, durante seu discurso na primeira sessão de domingo, lembraram os membros do maior Exemplo que devemos imitar, apesar das forças que se opõem ao bem.

“Deus tem o poder de tornar nosso caminho mais fácil… Quaisquer que sejam nossas fraquezas mortais e as forças do mal contra nós, as forças do bem sempre serão imensamente superiores”.

Ele também aconselhou os membros da Igreja a ajudarem aqueles que necessitam, porque “quando ajudarmos outras pessoas com seus fardos, nossos ombros serão fortalecidos”.

O Presidente Ballard, atual presidente do Quórum dos Doze Apóstolos, também fez um apelo aos membros para orar por seu país e pelos líderes de sua nação.

“Rogo-lhes que exerçam sua fé, qualquer que seja sua religião, e que orem por seu país… Nos encontramos diante de uma importante encruzilhada na história, e as nações da terra necessitam desesperadamente de orientação e inspiração divinas”.

Da mesma maneira, ele disse que seu pedido não é sobre “de política nem de normas, trata-se de paz e de cura que as almas das pessoas bem como a alma dos países… por meio do Príncipe da Paz e da fonte de toda cura, o Senhor Jesus Cristo”.

Quaisquer que sejam as nossas circunstâncias, podemos ser uma força para o bem no mundo, respeitando e amando nosso próximo, não importa quão diferentes eles sejam de nós.

Mãos que ajudam ao próximo não têm uma única cor, estamos todos unidos em uma mesma causa.

Fonte: MasFe

The post O chamado da Primeira Presidência aos membros: Eliminar o racismo appeared first on maisfe.org.

O post O chamado da Primeira Presidência aos membros: Eliminar o racismo apareceu primeiro em Portal SUD.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *