Promessa do futebol peruano deixa sua carreira para servir missão por dois anos

Paulo Gallardo é uma promessa do futebol peruano que foi recentemente convocado para fazer parte da seleção peruana de futebol, um sonho para qualquer jovem apaixonado pelo esporte. Paulo joga na primeira divisão e aparentemente tem um futuro brilhante pela frente para se tornar um craque do futebol.

Mas Paulo também tem outra paixão: sua fé no Salvador. O que o levou a tomar uma decisão muito importante, tão importante que a notícia foi publicada por quase toda a imprensa esportiva peruana.

Foto: depor.com

Uma decisão importante para Deus

Paulo, juntamente com seu irmão gêmeo, Claudio, pertencem à Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias desde fevereiro deste ano. Embora seja um curto período de tempo, eles decidiram fazer todo o possível para praticar sua fé de maneira que eles pudessem se sentir mais próximos de Deus. 

Uma das coisas que eles decidiram fazer é dedicar um dia inteiro ao Senhor. Todos os domingos ele e seu irmão seguem o que é chamado de ‘o dia do Senhor’. Isso significa que durante aquele dia eles só se dedicam ao seu crescimento espiritual e nada mais.

Deixar o bom pelo excelente

Algumas fontes afirmam que o Diretor Técnico do Sporting Cristal melhorou a proposta de salário para Paulo para que ele jogasse em qualquer dia da semana, inclusive no domingo –  um dia que é sagrado para ele porque é o dia em que ele se dedica ao seu crescimento espiritual. Paulo decidiu colocar o Senhor em primeiro lugar e, embora afirme que o futebol é uma coisa boa, seu relacionamento com Deus é algo melhor.

Paulo decidiu colocar sua carreira em segundo lugar para se preparar para algo muito maior: servir ao Senhor por dois anos como missionário de tempo integral para sua igreja. Isso o enche de alegria e esperança, porque ele sabe que servindo aos outros, ele pode realmente servir ao seu Criador. Para Paulo, a espiritualidade sempre foi importante em sua vida por lhe dar estabilidade não apenas emocional, mas também física.

Foto: depor.com

Hoje Paulo nos ensinou que o convite para seguir o Senhor pode exigir que coloquemos algumas questões importantes da nossa vida em segundo plano, no entanto, ele sabe que com o Senhor ele poderá seguir seus sonhos como jogador de futebol. Afinal, como declarado em Filipenses, tudo pode ser feito em Cristo que nos fortalece e sabemos que com Ele nada será impossível.

Exclusivamente para o Más Fe, Paulo declara:

“Eu não queria desistir do futebol, mas também não quero abandonar os mandamentos do Senhor e, se quiser ser um bom missionário em breve, não quero continuar jogando aos domingos. Então eu confio em Deus e sei que tudo vai ficar bem, embora muitos pensem que nada está bem agora”.

Claudio Gallardo no escritório do masfe.org

“Eles não estão me obrigando”

Paulo também esclareceu que não está sendo forçado pela Igreja nem pelos seus líderes a deixar o futebol. Esta foi sua decisão e ele espera que todos entendam. Para Paulo, o progresso nesta vida é duplo: o espiritual e o temporal. Ele sabe que se ele colocar Deus em primeiro lugar, tudo ficará bem.

Club Cristal no Twitter

Da seleção peruana de futebol para a seleção de missionários no mundo

Foto: depor.com

A mídia peruana também relata que Paulo Gallardo teria chamado a atenção do Diretor Técnico da Seleção Peruana de Futebol, Ricardo Gareca, com quem o jovem da Igreja já conversou por diversas vezes. Porém, Paulo confia no Senhor e sabe que suas bênçãos chegarão no tempo correto.

Não foi uma decisão fácil, mas eu confio no Senhor.

“Não foi uma decisão fácil, mas eu sou certo de que é a decisão correta. Pertencer à Igreja de Jesus Cristo me trouxe uma alegria que nunca senti na minha vida. Neste curto espaço de tempo, recebi as respostas que tanto procurei no Livro de Mórmon. Se algum jovem da Igreja estiver com dúvidas sobre ir para missão, não tenha medo e confie no Senhor. Ele nos escolheu e esse é a nosso maior chamado”, comenta Paulo com emoção.

Foto: Líbero

Nós, da Equipe Mais Fé, damos os parabéns e desejamos todo o sucesso do mundo para Paulo Gallardo e esperamos continuar compartilhando seus sucessos futuros como jogador de futebol e como missionário.

Fonte: masfe.org

O post Promessa do futebol peruano deixa sua carreira para servir missão por dois anos apareceu primeiro em Portal SUD.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *