A importância de escrever em um diário na Era digital

Quem nunca, ao fazer metas no início de cada ano, incluiu escrever no diário todos os dias? Eu já. Por vários anos consecutivos, na verdade. Tudo começava bem nas primeiras semanas, até que uma força desconhecida, mais forte do que eu, me fazia esquecer completamente de meu diário e me lembrar dele só depois de alguns meses.

Creio que um dos momentos que fui mais bem sucedida em atualizar meu diário foi durante os meses que servi como missionária. Meu diário era onde eu podia relatar minhas experiências com muitos detalhes, falar dos milagres vividos diariamente, desabafar, meditar e ponderar. Fui tão diligente nos detalhes, que sempre que leio meu diário da missão, lembro-me exatamente da situação e dos sentimentos que tive. 

Por nossa memória não ser perfeita, acabamos esquecendo de acontecimentos tão importantes e significativos. Manter um registro de nossa vida, acontecimentos e sentimentos é a melhor maneira para que possamos sempre saber como progredimos, crescemos e como fomos abençoados pelo Senhor.

Ponderar sobre o Sacramento Santa Ceia SUD

Das nossas vidas para nossa posteridade

Manter um diário não é uma tarefa fácil, muito pelo contrário. É algo que requer tempo e esforço de nossa parte. Podemos pensar que não somos muito bons com as palavras, que não temos coisas muito empolgantes para contar ou simplesmente sentir que não é uma atividade muito prazerosa, mas escrever em um diário é algo que pode abençoar não só nossas próprias vidas, mas também a vida de nossa posteridade.

Foi o que aconteceu com todas as pessoas fiéis que se esforçaram por manter os registros das escrituras. Se pararmos para pensar, cada um dos livros da Bíblia ou do Livro de Mórmon são como uma espécie de diário de cada um desses profetas. Doutrina e Convênios é o registro das revelações que o Profeta Joseph Smith recebeu do Senhor, também um tipo de diário.

 O Presidente Spencer W. Kimbal nos ensinou: 

“Por esse motivo, incentivamos nossos jovens a começar hoje a escrever e manter registros de todas as coisas importantes em sua própria vida e também na vida de seus antepassados, caso não tenham registrado algo importante de sua vida. Seu próprio diário pessoal deve registrar a forma que você enfrenta os seus desafios. Não suponha que a vida mude tanto ao ponto de suas experiências não serem importantes para sua posteridade. (…)

Ninguém é comum, e duvido que você nunca tenha lido uma biografia na qual você não aprenda algo a respeito de superar as dificuldades e os desafios. Estes são os instrumentos de medição para o progresso da humanidade”

Não precisamos escrever como Shakespeare em nossos diários (ainda bem), só precisamos escrever. Os relatos que fizermos podem servir de inspiração para aqueles à nossa volta e dar forças para que eles continuem se esforçando.

Encontre o seu tipo de diário

Sempre levei a palavra diário muito ao pé da letra. Dizia a mim mesma que eu tinha que escrever todos os dias. Com o passar dos anos, aprendi que não preciso escrever todos os dias, mas que preciso escrever com frequência – precisamos relatar todos os acontecimentos importantes de nossa vida. Outra coisa que aprendi foi que registrar minhas experiências em um diário online era muito mais eficaz do que escrever em meu diário físico. Na verdade, se tornou algo muito mais prazeroso e prático – com a garantia de que eu nunca iria perder essas notas. 

Não existe maneira ou meio certo de escrever um diário. Cada um de nós precisa descobrir o que é melhor e mais legal para nós. Pode ser que você ame o sentimento de escrever no papel ou que você se sinta melhor fazendo um diário de fotos ou até mesmo gravando áudios ou vídeos sobre suas experiências. O importante sempre vai ser começar e continuar com um diário. 

Se você pensa em começar seu diário online ou se quer saber mais sobre isso, tenho aqui alguns recursos que acabei descobrindo ao tentar mudar meu jeito de enxergar os diários.

1 – Criar um bloco de notas na Biblioteca do Evangelho

Acho que esse é o recurso mais prático para mim, já que posso acessar minhas notas do meu telefone ou de um computador. Posso editá-las também, classificá-las em categorias, ou até mesmo linkar com escrituras e discursos. 

2 – Criar um álbum de fotos secreto no Facebook

Você pode ter um álbum no Facebook onde somente você terá acesso ao simplesmente mudar a privacidade do álbum. Assim, você consegue postar vídeos, fotos, adicionar descrições e detalhes sobre o que aconteceu naquele momento sem que outras pessoas vejam.

3- Usar o Diário Pessoal disponível no Familysearch.org

Ao clicar na aba recordações, você pode criar álbuns, acrescentar arquivos, fotos, áudios e vídeos com suas memórias. Esse conteúdo é privado enquanto estiver vivo, depois disso ele será público para que as pessoas possam conhecer mais sobre você. 

4 – Usar um aplicativo de notas 

Existem inúmeros apps que nos ajudam a organizar notas. Você pode separar em categorias como histórias engraçadas, bênçãos, provações, família, estudos, etc. Tudo fica à seu critério. 

Começar agora

O Presidente Kimball nos admoestou: 

“Sua história deve ser escrita agora, enquanto está clara na mente e enquanto os verdadeiros detalhes estão disponíveis. Essa meta pode ser uma das mais importantes mudanças em sua vida.”

Precisamos seguir esse conselho a partir de agora e mudar para sempre nossas vidas e a vida de nossa posteridade. Basta somente tirar aquela nossa meta de ano novo do papel e fazê-la parte de nossa vida. 

Escrito por Marie Sunaga

Referências:

Spencer W. Kimball, “The Angels May Quote from It”, New Era , 1975, p. 5

O post A importância de escrever em um diário na Era digital apareceu primeiro em Portal SUD.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *