Élder Rasband ficou decepcionado com seu chamado missionário e uma escritura mudou seus sentimentos

Nunca tive dúvidas se serviria uma missão. A única pergunta que eu tinha era: “Em que lugar vou servir?” Pensei que sabia a resposta. Meu pai fez missão na Alemanha. Meu irmão mais velho foi para a Alemanha também. O namorado da minha irmã (meu atual cunhado) serviu na Alemanha. Pensei que ia para a Alemanha também. Na verdade, planejei ir para lá.

Quando meu chamado missionário finalmente chegou, fiquei animado. Encontrei um lugar onde estaria sozinho e, apesar de minha euforia, abri o envelope devagar. “Caro Élder Ronald A. Rasband, você está sendo chamado para servir como missionário de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Você foi designado para servir na Missão Estados do Leste, EUA”.

Missão Estados do Leste? Rapidamente olhei a carta procurando a parte que falava “Alemanha”, mas não estava lá. Havia lido as palavras corretamente. Não iria para um país estrangeiro. Não aprenderia alemão. Não andaria pelas mesmas ruas que meu pai e meu irmão. Serviria no leste dos Estados Unidos.

Fiquei feliz por meus familiares não estarem lá gravando tudo com o  celular para depois postar no Facebook (claro, mesmo porque não havia telefones celulares nem Facebook naquela época). Estava visivelmente desapontado e teria sido difícil fingir um momento de animação sobre o chamado missionário. Fui para o meu quarto, ajoelhei-me e fiz uma oração. Precisava de um testemunho de que estava indo para a missão que o Pai Celestial queria que eu fosse. Depois de orar, abri as escrituras aleatoriamente. Não estava procurando nada. Só precisava de uma resposta. Ao abri-las escrituras, encontrei a Seção 100 de Doutrina e Convênios. Comecei a ler os seguintes versículos:

“Eis que tenho muita gente neste lugar, nas regiões circunvizinhas; e uma porta eficaz abrir-se-á nas regiões circunvizinhas nesta região leste.

Portanto, eu, o Senhor, permiti que viésseis a este lugar; porque assim me era conveniente para a salvação de almas.” (D&C 100:3–4).

Imediatamente, o Espírito Santo confirmou-me que o meu campo de trabalho designado não estava errado. Meu sentimento foi em um minuto de decepção, por não servir onde queria, para a primeira de muitas impressões espirituais que receberia ao longo dos anos. Esta forte impressão espiritual confirmou-me que a Missão Estados do Leste era, de fato, onde o Senhor queria que eu servisse. Era como se o Pai Celestial estivesse me dizendo: “Ei, a Alemanha não é o lugar para onde te chamei. Você está indo para os estados do leste. Então vá, abra a boca, e Eu vou dar-lhe sucesso”. Com essa única experiência espiritual, mudei todo o meu foco e senti, por meio do Espírito Santo, que o Senhor queria que eu servisse na Missão Estados do Leste.

Essa foi uma experiência crucial na edificação de minha própria fé — tudo graças às escrituras, a inspiração que recebi para pesquisá-las e minha mãe por me ensinar a amá-las.

Fonte: LDSLiving

Relacionado:

Élder Rasband fala sobre a crise de suicídio entre adolescentes

O post Élder Rasband ficou decepcionado com seu chamado missionário e uma escritura mudou seus sentimentos apareceu primeiro em Portal SUD.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *